Celorico de Basto: Onde o Minho muda de cor

 

José Peixoto Lima, Presidente

 

Para aqueles que procuram aliar a natureza, o desporto, a história e a cultura, Celorico de Basto é a melhor opção e quem o afirma é José Peixoto Lima, o Presidente da Câmara Municipal.

 

Enumere os motivos pelos quais as pessoas devem visitar Celorico de Basto (ao nível do património, da natureza, da cultura, entre outros).

Celorico de Basto assume-se, cada vez mais, como um destino turístico de excelência. Temos um vasto património arquitetónico com história anterior à da própria nacionalidade, temos um património natural de encantar pintado pelo verde dos seculares jardins de camélias e pelas extensas vinhas do nosso afamado vinho verde, e temos um clima ameno temperado pelas águas do rio Tâmega. A animar o território, Celorico de Basto conta ainda com uma vasta agenda cultural que alia o património e a história, o desporto e a natureza, a gastronomia e os vinhos verdes.

 

De que forma promovem a gastronomia, a cultura e o turismo da região?

Celorico de Basto conta com inúmeros eventos anuais que têm por objetivo promover o muito que de bom se faz por cá e nos distingue, com destaque para a Festa Internacional das Camélias, que se realiza anualmente no mês de março, e que destaca o nosso património natural de encantar, as Festas do concelho em julho, a Feira de Artesanato e Gastronomia em agosto que valoriza e promove a nossa gastronomia, o nosso artesanato e os nossos vinhos verdes, a tradicional Feira de Santa Catarina em novembro que destaca muitos dos nossos produtos endógenos, e a Feira Medieval que se realiza na aldeia do Castelo.

Outros eventos se destacam ao longo do ano, nomeadamente espectáculos musicais, com destaque para o Festival Inquieto e para o CBT Rock, espectáculos de teatro, e as tradicionais romarias e festas populares, com destaque para a tradicional romaria à N. Sra. do Viso.

Eventos que destacam o que é nosso, a nossa cultura, a nossa identidade, a nossa tradição, e que ajudam a promover Celorico de Basto como um destino de eleição para quem procura aliar a natureza, o desporto, a história e a cultura.

 Agosto é mês de festa para os habitantes de Celorico de Basto. Assim sendo, o que nos pode contar sobre a feira de artesanato e gastronomia a decorrer entre 11 e 15 de agosto? Gostaria de deixar um convite aos portugueses?

A Feira de Artesanato e Gastronomia é um dos maiores eventos do nosso programa anual de atividades e um dos maiores do género na região e no país. Temos preparada a 23ª edição de uma feira que tem vindo a crescer de forma sustentada ao longo das duas últimas décadas, uma edição que marca também o regresso das festividades após dois anos de interrupção devido à pandemia. Estamos a preparar algumas novidades, pensadas na promoção da identidade do concelho, nomeadamente os produtos locais, com especial destaque para o vinho verde, elemento distintivo da região, com um valor crescente na economia, por força do trabalho realizado nos últimos anos na valorização da vinha e do vinho e pelo esforço e capacidade dos nossos produtores que têm vindo a criar produtos de elevado valor, conquistando o mercado nacional e estrangeiro, fazendo de Celorico de Basto um dos principais produtores da região dos vinhos verdes. Temos confirmada a presença de mais de duas dezenas de produtores, todos do nosso concelho, com marcas que são já uma referência no panorama nacional.

Faço o convite para que visitem Celorico de Basto por estes dias, que conheçam o nosso património natural e edificado, que se deliciem com a nossa gastronomia e os nossos vinhos. Tenho a certeza que ficarão com vontade de voltar e conhecer tudo o que temos para mostrar a quem nos visita.

 

You may also like...